Não solicitamos autorização de terceiros para a publicação de conteúdo neste blog. Caso alguém discorde de alguma publicação, entre em contato pelo e-mail elisandro.felix@gmail.com e solicite, com justificativa, a exclusão do material.

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

ATIVIDADES ORAÇÕES COORDENADAS COM GABARITO


ESTUDE O CONTEÚDO CLICANDO AQUI.

1. Leia os enunciados a seguir:

I. Minha irmã saiu, mas voltará logo.
II. Acordei tarde, portanto chegarei atrasado.
III. A vida era proveitosa e divertida.
IV. Não anda nem deixa os outros passarem.
V. Ora deitava ora levantava.

Assinale a sequência correta, em relação às conjunções destacadas nas orações lidas.

(A) I. adversativa; II. conclusiva; III. aditiva; IV. aditiva; V. alternativa.
(B) I. alternativa; II. conclusiva; III. aditiva; IV. conclusiva; V. alternativa.
(C) I. adversativa; II. adversativa; III. aditiva; IV. aditiva; V. alternativa.
(D) I. adversativa; II. conclusiva; III. aditiva; IV. aditiva; V. conclusiva.

2. Complete as orações com as conjunções adequadas.

logo      porque      mas   -   e


a) Não fomos à escola......................... estava chovendo. (explicação)
b) Explicou o exercício diversas vezes, ................... eu não entendi. (oposição)
c) Conversei um pouco ............... fui embora. (aditiva)
d) A prova foi fácil, ................. serei aprovado. (conclusão).
e) Não fale alto....................... estamos num hospital. (explicação)
f) Estudei muito, ................. tirei nota ruim. (oposição)
g) Estou aqui ............................ gosto de estudar. (explicação).

3. Escreva os períodos a seguir em seu caderno e complete-os com orações coordenadas que expressem as relações de sentido indicadas nos parênteses. Leve em conta os conhecimentos adquiridos pelas leituras e sua visão pessoal.

a) Na adolescência, alguns pais diminuem os cuidados com os filhos porque ......... (explicação)
b) Os filhos tornam-se adultos, logo ...... (conclusão)
c) Algumas pessoas são adultas, mas..... (oposição)
d) Os pais cuidam 100% dos filhos e ....... (adição)
e) Na adolescência, o ideal é esse percentual ir se reduzindo, ou ........ (alternância)
f) Quando as crianças são pequenas, os pais cuidam 100% delas, porque .... (explicação)
g) Quando as crianças são pequenas, os pais cuidam 100% delas, mas ...... (oposição)
h) Só então, após assumir responsabilidades, os jovens se tornam realmente adultos e ....... (adição)

4. Leia o texto a seguir:

E agora?

Já estou com 15 anos e namoro, há dois meses, um rapaz de 17. Meus pais não me deixam namorar, mas eu gosto muito dele, por isso não queria terminar o namoro. Eu queria contar para minha mãe. O que você acha?

J.T.B. – Curitiba, PR.

No primeiro período, a leitora informa a sua idade, a do namorado e o tempo de namoro entre eles.

a) Esse período é formado por três orações. Que ideia expressa a segunda oração em relação à primeira do período?
b) Que conjunção estabelece a ligação entre essas orações? Como ela pode ser classificada?

5. O segundo período é composto por três orações. Releia-o.

a) Separe as orações e destaque as conjunções.
b) Que relação de sentidos essas conjunções estabelecem no período?
c) Como essas orações vêm separadas umas das outras?

6. A frase a seguir foi retirada de uma revista. Leia-a.

“Pra ser feliz, a receita é simples e a gente explica pra você”.

(Todateen, n. 156, novembro de 2008)

Na frase lida, onde poderia ser colocada outra vírgula? Justifique sua resposta.

7. Utilize a conjunção que for mais adequada para ligar em um só período as orações a seguir. Faça as adaptações necessárias.

a) Passe mais tarde. Eu ainda não concluí o serviço.
b) Ontem estava calor. Hoje chovendo.
c) O goleiro não tocou a bola. Estava mal posicionado.
d) Você vai para um lado, vai para o outro, nunca fica no lugar.
e) Nós brigamos ontem. Não sairemos juntos hoje.
f) Não deixe de vir à minha festa. Quero ficar com você.

8. Em relação ao sentido que cada conjunção expressa nas orações a seguir, faça a numeração de forma correta.

(1) oposição.
(2) adição.
(3) alternância.
(4) explicação.
(5) conclusão.

a. (   ) Há jovens casando muito cedo porque começam a namorar muito cedo também.
b. (   ) Os deputados ora preferiam votar, ora desistiam da votação.
c. (   ) Os jovens querem expressar suas ideias, portanto precisam de oportunidades.
d. (   ) As meninas se aproximaram dos meninos, mas ninguém conversou sobre o passeio.
e. (   ) As meninas se aproximaram dos meninos e conversaram sobre o passeio.

9. Leia a tira a seguir.




Que outro termo poderia substituir sem perda de sentido a conjunção “mas” usada na tirinha?

10. Leia a tirinha a seguir.


 Disponível em: http://tiranacamiseta.blogspot.com.br/p/banco-de-tiras.html. Acesso em: 23 dez. 2017.


Na fala do sargento há emprego de duas conjunções. São elas, respectivamente, conjunções

(A) aditiva e conclusiva.
(B) adversativa e alternativa.
(C) explicativa e conclusiva.
(D) aditiva e adversativa.





GABARITO

1-A;
2- a) porque; b) mas; c) e; d) logo; e) porque; f) mas; g) porque
3 – (Sugestões de respostas)
a) os jovens vão se tornando responsáveis por si mesmos.
b) precisam assumir responsabilidades em seu dia a dia.
c) agem como crianças.
d) os ajudam a tornarem-se responsáveis por si mesmos.
e) o jovem poderá não assumir responsabilidades.
f) não são capazes de se manter por conta própria.
g) muitos pais não cuidam de suas crianças.
h) podem construir a própria família.
4. a) Indica uma ideia de soma, de adição ao que é dito na oração anterior.
b) e / conjunção aditiva.
5. a) “Meus pais não me deixam namorar, / mas eu gosto muito dele, / por isso não queria terminar o namoro”
b) 2ª oração – mas estabelece uma relação de oposição, contrate. / 3ª oração – por isso estabelece uma relação de conclusão lógica do que foi dito na oração anterior.
c) Por meio da vírgula.
6. Antes da conjunção e, pois os termos que exercem a função de sujeito das orações são diferentes: receita e gente.
7. (Sugestões de respostas). a) Passe mais tarde, pois eu ainda não concluí o serviço.
b) Ontem estava calor, mas hoje está chovendo.
c) O goleiro não tocou a bola porque estava mal posicionado.
d) Você ora vai para um lado, ora vai para outro, nunca fica no lugar.
e) Nós brigamos ontem, portanto não sairemos juntos hoje.
f) Não deixe de vir à minha festa, pois eu quero ficar com você.
8. 4, 3, 5, 1, 2.
9. Porém, todavia, contudo, no entanto, entretanto.
10. D



LEITURA, ANÁLISE, INTERPRETAÇÃO E PRODUÇÃO DE TEXTO COM GABARITO


LEITURA, ANÁLISE, INTERPRETAÇÃO E PRODUÇÃO DE TEXTO



Leitura e análise de texto

Texto I




A cigarra e a formiga

A cigarra, tendo cantado por todo o verão, encontrou-se muito desprovida quando o vento frio chegou: não tinha nenhum pedacinho de mosca ou verme.
Ela foi chorar de fome na casa de sua vizinha, a formiga, suplicando que lhe emprestasse algum grão para sobreviver até a próxima estação.
- Eu lhe pagarei, disse a cigarra, antes de agosto, palavra de animal, tudinho e com juros.
A formiga não costuma emprestar, eis o seu menor defeito.
- O que você fazia no verão? – disse ela à cigarra.
- Eu cantava; por favor, não fique irritada.
- Você cantava? Então já sei: agora dance!

LA FONTAINE. Fábula traduzida do original francês e adaptada. In: Governo do Estado de São Paulo. Secretaria da Educação.

Texto II

Gilberta adora dançar, sai todas as sextas-feiras para ir ao forró perto de sua casa. No forró aproveita para saber das novidades da semana, pôr o papo em dia. Os dias em que seu amigo Pedro também aparece, ela dança muito mais, pois ele é um bailarino e tanto – dizem que Pedro dança “melhor” que  Gilberta. Com Pedro, Gilberta percebe que inventa movimentos, fica leve e mais solta na pista de dança. Um dia, ela levou um xale para o forró e os dois criaram uma dança usando o xale. Nos dias em que Pedro não está, ela acaba dançando com pessoas que conhece pouco, com as próprias amigas, e não vê tanta graça no que faz.

MARQUES, Isabel A. Corpo e sociedade. In: MURRIE, Zuleika de Felice (Coord.). Língua portuguesa, língua estrangeira, educação artística e educação física. Brasília. MEC/INEP, 2002, p. 53.

Análise do texto

1. Os dois textos são narrativas? Justifique sua resposta.

2. Quem são os personagens da história, no texto I?

3. O que se entende por personagens?

4. O que se entende por enredo, tempo e espaço?

5. Foco narrativo: Dizemos que o foco narrativo está em 1ª pessoa quando quem conta é uma personagem que participa da ação, e que está em 3ª pessoa quando quem conta é uma voz que não participa da ação.
Analise o texto “A cigarra e a formiga” de acordo com as indicações a seguir, relembrando o significado das palavras da lista da atividade anterior.

a) O foco narrativo está em 1ª ou 3ª pessoa?

b) Há marcas de passagem de tempo na história? Quais?

c) O que sabemos sobre os espaços em que as personagens vivem suas ações?

d) O diálogo entre as personagens é demorado ou acontece em pouco tempo?

Produção escrita

Você vai escrever uma breve história, a partir do seguinte tema: “um dia inesquecível”. Escolha um acontecimento bem importante de sua vida, algo de que você se lembre com detalhes.
Para facilitar sua produção, faça primeiro um esquema – uma espécie de esqueleto – para seu texto. No esquema, você deve apontar de forma geral, as informações que serão solicitadas. Elas servirão de base para sua produção final.

1. Esquema de produção textual:

a) Relembre um dia de sua vida em que aconteceram fatos inesquecíveis. Coloque-os na sequência em que aparecerão em seu texto.

b) Os acontecimentos que você vai contar se passaram em que intervalos de tempo? Minutos, horas?

c) Em que espaço sua história acontece? Casa, rua, um lugar isolado ou outro qualquer?

d) Quantas personagens a história apresenta? Descreva-as.

2. Com o esquema pronto, produza a versão final de sua história no caderno.

3. Após a produção do texto, responda: você acha que seu texto representa tudo o que viveu ou sentiu naquele momento? Explique.

4. Leia as definições a seguir.

AUTOR: pessoa que cria uma obra (pode ser um texto, um livro inteiro, uma fotografia, um desenho etc.).
NARRADOR: figura inventada que narra uma história.

Agora, responda: quem é o autor de sua história? E o narrador?




GABARITO:

Leitura e análise de texto

1. Sim, porque as duas histórias são ficcionais, com tempo, espaço, enredo e foco narrativo e personagens.
2. A cigarra e a formiga.
3. Aqueles que participam da história.
4. Enredo são os acontecimentos da história; Tempo é a duração da história; Espaço é onde aconteceu a história.
5. a) Em 3ª pessoa.
b) Sim. Verão, inverno, até a próxima estação.
c) Os personagens vivem na floresta.
d) Acontece em pouco tempo.

Produção escrita

Respostas pessoais.

ATIVIDADES ESCOLARES

ATIVIDADES ESCOLARES
SOL.ETI.BR

Cadastre-se e receba atualizações do blog em seu e-mail.