Não solicitamos autorização de terceiros para a publicação de conteúdo neste blog. Caso alguém discorde de alguma publicação, entre em contato pelo e-mail elisandro.felix@gmail.com e solicite, com justificativa, a exclusão do material.

sábado, 15 de março de 2014

LEITURA E INTERPRETAÇÃO TEXTUAL - 6º ANO FUNDAMENTAL

Por que algumas músicas não saem da nossa cabeça?


Porque elas usam e abusam de letras repetitivas,melodias simples e positivas - ou seja, poucas notas musicais e sons que inspiram uma sensação de otimismo no ouvinte. Com essa junção, a canção gruda no cérebro que nem chiclete. Quem é que não sabe de cor a melodia e a letras de "Macarena",de Los Del Rio? Ou a sensação do verão, "Festa no Apê",de Latino?
Há muito tempo,a publicidade descobriu que a simplicidade e a repetição são o caminho para fazer o público decorar sua mensagem. "Um dos elementos do jingle é justamente a reexecução da melodia e letra dentro da mesma música", diz o compositor Calique Ludwing, especialista em mensagens publicitárias musicadas. Mesmo assim, os especialistas garantem que não existe uma receita infalível para uma música grudenta - às vezes a tentativa dá certo, às vezes não. Tem algum jeito de se livrar das pragas sonoras? Não existe "antídoto" 100% confiável,mas há quem diga que a melhor maneira é repetir até o fim a famigerada canção. Pode funcionar. Então comece: "Hoje é festa lá no meu apê...".

MUNDO ESTRANHO, n.39. Abril. In: CEREJA, W. R; MAGALHÃES, T. C. Português linguagens 6º ano. 7. ed. São Paulo: Saraiva, 2012.

Com base no texto, responda às questões.

1. Qual é o tipo do texto? Escolha a opção correta e justifique.

(A) Poético.
(B) Descritivo.
(C) Explicativo.
(D) Narrativo.

2. Há quatro maneiras de se usar a palavra "porquê".Veja: por que, porque, por quê e porquê. Levante hipótese. Qual é o motivo de se usar no título "por que" (separado) e no início do texto "porque" (junto)?

3. Identifique o tipo de frase abaixo e justifique sua resposta.

               "Quem é que não sabe de cor a melodia e a letra de Macarena?

(A) Declarativa.
(B) Interrogativa.
(C) Exclamativa.
(D) Imperativa.

4. Escreva o que você sabe sobre a música "Macarena" do grupo "Los Del Rio".

5. Explique o significado da palavra jingle.

6. A palavra nota tem inúmeros significados. Qual é o significado dessa palavra no texto?

7. Explique o sentido da palavra nota em cada frase.

a) Não tenho troco. O senhor não tem uma nota menor?

b) Alunos,tomem nota da lição de casa!

c) O cliente exigiu a nota fiscal.

d) Aquela guitarra nova custa uma nota.

e) O menino tirou uma ótima nota na escola.

8. Explique o sentido da palavra antídoto no texto.

9. Levante hipóteses. Por que o texto termina com três pontos seguidos? Como se chama esse tipo de pontuação.

10. De quem é a seguinte fala no texto? Escolha a alternativa correta e justifique.

"Um dos elementos do jingle é justamente a reexecução de melodia e letra dentro da mesma música".

(A) Do autor da revista Mundo Estranho.
(B) Do grupo musical Los Del Rio.
(C) Do cantor Latino.
(D) Compositor Calique Ludwig.

11. Explique o que são as "pragas sonoras", dita no texto.

12. A expressão "Há muito tempo", que inicia o segundo parágrafo, indica...

(A) um tempo não determinado.
(B) um tempo determinado.
(C) que o texto foi escrito recentemente.
(D) um tempo qualquer, mas não tão antigo.

13. No período "[...] mas há quem diga que a melhor maneira é repetir até o fim a famigerada canção". A palavra que poderia substituir "famigerada" sem alteração de sentido é...

(A) melhor.
(B) pior.
(C) famosa.
(D) difícil.

14. A palavra reexecução não consta do dicionário. Entretanto, no contexto, é possível deduzir seu significado. Que outra palavra do texto apresenta o mesmo significado?


15. Informe quais foram os sinais de pontuação usados no texto.

www.supertarefas.blogspot.com

segunda-feira, 10 de março de 2014

Atividades sobre Variedades linguísticas - ensino fundamental II

Atividade sobre as variedades linguísticas, recomendada para o ensino fundamental II (6º ao 9º ano).

Clique aqui.

Fonte: Blog do professor Jean Rodrigues

 

quarta-feira, 5 de março de 2014

ATIVIDADE SOBRE O DIA INTERNACIONAL DA MULHER

HISTÓRIA DO DIA INTERNACIONAL DA MULHER – 8 DE MARÇO


As histórias que remetem à criação do Dia Internacional da Mulher alimentam o imaginário de que a data teria surgido a partir de um incêndio em uma fábrica têxtil de Nova York em 1911, quando cerca de 130 operárias morreram carbonizadas. Sem dúvida, o incidente ocorrido em 25 de março daquele ano marcou a trajetória das lutas feministas ao longo do século 20, mas os eventos que levaram à criação da data são bem anteriores a este acontecimento.


Desde o final do século 19, organizações femininas oriundas de movimentos operários protestavam em vários países da Europa e nos Estados Unidos. As jornadas de trabalho de aproximadamente 15 horas diárias e os salários medíocres introduzidos pela Revolução Industrial levaram as mulheres a greves para reivindicar melhores condições de trabalho e o fim do trabalho infantil, comum nas fábricas durante o período.  


O primeiro Dia Nacional da Mulher foi celebrado em maio de 1908 nos Estados Unidos, quando cerca de 1500 mulheres aderiram a uma manifestação em prol da igualdade econômica e política no país. No ano seguinte, o Partido Socialista dos EUA oficializou a data como sendo 28 de fevereiro, com um protesto que reuniu mais de 3 mil pessoas no centro de Nova York e culminou, em novembro de 1909, em uma longa greve têxtil que fechou quase 500 fábricas americanas.

Em 1910, durante a II Conferência Internacional de Mulheres Socialistas na Dinamarca, uma resolução para a criação de uma data anual para a celebração dos direitos da mulher foi aprovada por mais de cem representantes de 17 países. O objetivo era honrar as lutas femininas e, assim, obter suporte para instituir o sufrágio universal em diversas nações.
Com a Primeira Guerra Mundial (1914-1918) eclodiram ainda mais protestos em todo o mundo. Mas foi em 8 de março de 1917 (23 de fevereiro no calendário Juliano, adotado pela Rússia até então), quando aproximadamente 90 mil operárias manifestaram-se contra o Czar Nicolau II, as más condições de trabalho, a fome e a participação russa na guerra - em um protesto conhecido como "Pão e Paz" - que a data consagrou-se, embora tenha sido oficializada como Dia Internacional da Mulher, apenas em 1921.
Somente mais de 20 anos depois, em 1945, a Organização das Nações Unidas (ONU) assinou o primeiro acordo internacional que afirmava princípios de igualdade entre homens e mulheres. Nos anos 1960, o movimento feminista ganhou corpo, em 1975 comemorou-se oficialmente o Ano Internacional da Mulher e em 1977 o "8 de março" foi reconhecido oficialmente pelas Nações Unidas.
"O 8 de março deve ser visto como momento de mobilização para a conquista de direitos e para discutir as discriminações e violências morais, físicas e sexuais ainda sofridas pelas mulheres, impedindo que retrocessos ameacem o que já foi alcançado em diversos países", explica a professora Maria Célia Orlato Selem, mestre em Estudos Feministas pela Universidade de Brasília e doutoranda em História Cultural pela Universidade de Campinhas.
No Brasil, as movimentações em prol dos direitos da mulher surgiram em meio aos grupos anarquistas do início do século 20, que buscavam, assim como nos demais países, melhores condições de trabalho e qualidade de vida. A luta feminina ganhou força com o movimento das sufragistas, nas décadas de 1920 e 30, que conseguiram o direito ao voto em 1932, na Constituição promulgada por Getúlio Vargas. A partir dos anos 1970 emergiram no país organizações que passaram a incluir na pauta das discussões a igualdade entre os gêneros, a sexualidade e a saúde da mulher. Em 1982, o feminismo passou a manter um diálogo importante com o Estado, com a criação do Conselho Estadual da Condição Feminina em São Paulo, e em 1985, com o aparecimento da primeira Delegacia Especializada da Mulher.

Fonte: 
Fontes de pesquisa: http://revistaescola.abril.com.br/historia/pratica-pedagogica/8-marco-dia-internacional-mulher-genero-feminismo-537057.shtml

Clique aqui e imprima a atividade.

ATIVIDADES ESCOLARES

ATIVIDADES ESCOLARES
SOL.ETI.BR

Cadastre-se e receba atualizações do blog em seu e-mail.

SEGUIDORES